KELSEI TRAUTWEIN

10/12/2018

 A escolha pelo francês aconteceu quando eu estava no primeiro ano da faculdade de Direito. Eu já tinha terminado minha formação em língua inglesa e estava em busca de um segundo idioma quando me interessei pelo francês. Eu queria fugir do óbvio, que é o espanhol e achei que como o francês é uma língua de origem latina, teria alguma familiaridade com o português. A verdade é que o francês não é um idioma simples e nem fácil, mas vale cada esforço para aprendê-lo!

 

E "por que não a Aliança Francesa?" Para mim, nunca existiu nenhuma outra opção. A Aliança Francesa é a única escola da região do ABC que tem ligação com o governo Francês, além de também ser uma escola credenciada para a aplicação dos testes de proficiência. Esses foram os motivos que me fizeram começar a estudar na AFGABC, mas talvez ainda mais importantes sejam os motivos que me fizeram voltar. Em um determinado momento, tive que parar os estudos do francês e me concentrar na faculdade. Algum tempo depois, com novos projetos pessoais, não tive dúvidas. Como sempre me senti em casa e tive uma excelente relação com meus professores, procurei a Aliança novamente para me ajudar a realizar tais projetos e com o auxílio da professora Susana, que desenvolveu um excelente trabalho e excedeu todas as expectativas na minha preparação, fui aprovada no exame de proficiência Dalf C1. 

 

Falar mais de um idioma é uma vantagem por si só, especialmente no âmbito profissional. Entretanto, quando falamos especificamente do francês, as vantagens vão mais além. Claro que profissionalmente, falar francês abre portas para o mercado de trabalho em empresas francesas atuantes no Brasil. Mas além disso, falar francês é aprender mais sobre uma das culturas mais ricas do mundo em termos de história, arte, arquitetura e moda. Fora que ao visitar a terra da baguette a turismo, nada como falar o idioma nativo para ganhar a simpatia de um povo que não é lá muito conhecido por sorrisos ou por receber bem seus turistas, não é mesmo?

 

E por fim, a aprovação no Dalf C1 foi responsável pela maior mudança na minha vida, que afetou tanto a parte acadêmica, quanto pessoal e espero que também venha a ajudar profissionalmente. Com o certificado de aprovação em mãos, enviei minhas aplicações para fazer mestrado na França e tive o prazer de receber minha aceitação em três universidades francesas. Escolhi estudar em Lyon e me mudei para essa cidade incrível há pouco mais de 3 meses, onde estou cursando Droit de l´entreprise (Direito Empresarial). Sem dúvida nenhuma, as mudanças na vida pessoal foram inúmeras, já que além de ser a minha primeira vez morando fora do Brasil, ainda estou tendo a oportunidade de estudar, o que também tem um impacto direto na minha vida acadêmica. Quanto à vida profissional, acredito que após a conclusão do curso, tanto o francês quando o diploma também ajudarão na minha inserção no mercado de trabalho, abrindo muitas portas, tanto na França quando no Brasil. 

 

Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Instagram ícone social
  • YouTube Social  Icon
Últimas notícias
Please reload

Aliança Francesa do Grande ABC

 

R. das Figueiras, 2.658, Campestre

Santo André - SP, 09080-301

 

Telefones: (11) 4436-9578 / 4427-4586

Whatsapp: (11) 97311-9578

aliancafrancesagabc@aliancafrancesagabc.com.br